---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeitura e Siserp buscam solução para realizar o pagamento dos servidores

Publicado em 01/10/2019 às 11:49 - Atualizado em 01/10/2019 às 11:49

O prefeito Jaimir Comin, juntamente com o contador da Prefeitura, esteve reunido com o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal, o Siserp, na manhã desta terça (1º), para explicar que o pagamento dos funcionários municipais deverá atrasar em virtude do desequilíbrio na dotação orçamentária, que não pode ser resolvido mediante desaprovação do Legislativo.

O prefeito mostrou que a Administração possui dinheiro em caixa para pagar os salários dos servidores, mas que no entanto, legalmente, de acordo com a dotação, não pode realizar o pagamento.

O sindicato ainda foi inteirado das recentes rejeições de emendas e projetos de lei de transposição do orçamento, por parte da Câmara de Vereadores, e de que o Executivo está buscando alternativas de realizar o depósito dos salários via liminar judicial.

“Esta tarde vamos ao Tribunal de Contas buscar uma solução para esse impasse, para tentar um decreto emergencial, mas ainda assim vamos depender da transposição da dotação para empenhos futuros”, explicou Comin.

De acordo com a presidente do sindicato, Jucélia Vargas, a situação é fácil de resolver, “temos que reencaminhar os projetos de lei para serem votados hoje ou numa sessão extraordinária para aprovar a transposição o quanto antes, porque não são só os funcionários públicos que são prejudicados nesta situação, mas a cidade toda que vai ficar sem seus serviços básicos se os servidores pararem”, frisou Jucélia.

O sindicato comunicou que vai se mobilizar para cobrar uma resolução da Câmara de Vereadores. “É papel dos vereadores aprovar as suplementações para garantir o salário dos funcionários da Prefeitura”, enfatizou a presidente do sindicato.